Plano de Produção e Consumo Sustentáveis

Foi prorrogado até 30 de novembro de 2010 o prazo para a Consulta Pública sobre o Plano de Produção e Consumo Sustentáveis. Mais informações em www.mma.gov.br/ppcs. Segue a minha contribuição:

Suprimir as expressões “economia de baixo carbono”, “produção de baixo carbono”, “redução de emissões e remoção de carbono”, “economia verde (green economy) ou de baixo carbono”, e todas as demais, em todo o documento, que façam menção à redução das emissões de carbono e sua relação com mudanças climáticas.

Justificativa: Reduzir as emissões de carbono em nada contribui para a questão da sustentabilidade, senão o contrário. A tese de que o CO₂(dióxido de carbono) produzido pela atividade humana traz algum malefício não se sustenta. O CO₂não é um poluente. O CO₂e a água são essenciais para a fotossíntese e para a vida, tal e como a conhecemos. Existem inúmeros trabalhos científicos há décadas que mostram que o incremento da concentração de CO₂na atmosfera se traduz em maior produção agrícola, mais desenvolvimento das plantas em geral, que por sua vez alimenta todos os ecossistemas. O CO₂é o mais importante fertilizante natural para as plantas. A concentração de CO₂na atmosfera hoje é da ordem de 380 ppm (0,038%) e a contribuição das atividades humanas está em torno de 4,5% do total de CO₂que é produzido pela natureza, naturalmente. Não há evidências que demonstrem qualquer relação causal entre a variação da concentração de CO₂na atmosfera e eventuais mudanças no clima, senão o contrário. “Mudanças climáticas” é um pleonasmo. Nunca houve, não há, e muito provavelmente jamais haverá um clima estático. A amplitude das variações naturais que já ocorreram no clima da Terra são enormes, e muito provavelmente continuarão a ser, independentemente de nós, humanos.

.

Anúncios

1 Response to “Plano de Produção e Consumo Sustentáveis”


  1. 1 Omar 13/02/2011 às 15:03

    Parabéns, parabéns, parabéns. Tenho discussões ferozes com meus amigos sobre estes terroristas ecológicos. Este site é uma luz e me ajuda a embasar minhas palavras. Arnaldo Brandão, com seu conjunto chamado Hanoi Hanoi, já dizia no idos dos anos oitenta, que “ecologia virou religião”. O Brasil tem que se desenvolver e essas ONGs que apregoam o caos somente estão interessadas em ganhar dinheiro e manter o Brasil sub-desenvolvido. Obrigado por esclarecer as mentes de uma maneira sadia.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Acessos ao blog

  • 434,818 acessos

Responsável pelo blog


%d blogueiros gostam disto: