O Consenso de Copenhagen 2012

Se você tivesse US$75 bilhões para gastar em ações para o bem comum, por onde você começaria? Com o objetivo de responder a essa pergunta, fornecendo dados sobre a forma de fazer o melhor para o mundo, evitando os grupos de interesses especiais e os lobistas, e estimulando o debate para resolver os maiores problemas, reuniram-se em Maio desse ano em Copenhagen uma série de especialistas – entre os quais quatro laureados com o Premio Nobel – que ao final elaboraram a seguinte lista de prioridades:

  1. Intervenções com pacotes de micronutrientes para combater a fome e melhorar a educação
  2. Expansão dos subsídios para o tratamento combinado da malária
  3. Expansão da cobertura vacinal na infância
  4. Vermifugação de crianças em idade escolar para melhorar os resultados educacionais e de saúde
  5. Expansão do tratamento da tuberculose
  6. P&D para aumentar a produtividade agrícola, para diminuir a fome, combater a destruição da biodiversidade e diminuir os eventuais efeitos das mudanças climáticas
  7. Investimentos em sistemas eficazes de alerta precoce para proteger as populações contra desastres naturais
  8. Fortalecimento da capacidade cirúrgica
  9. Imunização contra a hepatite B
  10. Uso de medicamentos de baixo custo nos casos de ataques cardíacos agudos nos países mais pobres (estes já estão disponíveis em países desenvolvidos)
  11. Campanhas de redução do consumo de sal para reduzir doenças crônicas
  12. P&D em geoengenharia para avaliar a possibilidade de gestão da radiação solar
  13. Condicionantes de transferência de renda relacionadas à frequência escolar
  14. Aceleração da P&D para uma vacina contra a AIDS
  15. Testes de campo prolongados de campanhas de informação sobre os benefícios de escolaridade
  16. Instalação de bombas públicas manuais em poços de água

Ref.: Copenhagen Consensus 2012

.

Anúncios

1 Response to “O Consenso de Copenhagen 2012”


  1. 1 Cristiano Frota 26/09/2012 às 18:27

    Pessoal, torço para que medidas relacionadas à alimentação concentrada em injeções e microrefeições, bem como o aumento da vacinação, sejam de curto prazo, pois também existem mentiras na indústria das vacinas e da saúde, assim como as encontradas no ecocapitalismo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Acessos ao blog

  • 456,425 acessos

Responsável pelo blog


%d blogueiros gostam disto: