A África tornou-se mais verde nos últimos 20 anos

Apesar das mudanças climáticas e de uma população crescente, a África tornou-se mais verde nos últimos 20 anos, mostra um novo estudo.

Na África, uma luta está acontecendo. De um lado, as forças da natureza tornam o continente mais verde e, por outro lado, as pessoas estão removendo árvores e arbustos do continente.

Em regiões densamente povoadas, as pessoas estão cortando árvores e florestas, mas em outros lugares, onde as populações humanas estão mais espalhadas, os arbustos e a vegetação densa estão prosperando.

Agora, os cientistas quantificaram pela primeira vez como a vegetação em todo o continente mudou nos últimos 20 anos.

Trinta e seis por cento do continente tornou-se mais verde, enquanto onze por cento está ficando menos verde.

Os resultados mostram que nem tudo está perdido na natureza da África, dizem os cientistas que estão por trás da nova pesquisa.

“Nossos resultados são positivos e negativos. É claro que não é bom que os humanos tivessem uma influência negativa na distribuição de árvores e arbustos em 11 por cento da África nos últimos 20 anos, mas não é uma surpresa completa”, diz o co-autor Martin Brandt de Departamento de Geociências e Gestão de Recursos Naturais da Universidade de Copenhague, na Dinamarca.

“Por outro lado, não é tudo negativo, pois uma área – três vezes maior do que a área onde as árvores e os arbustos estão desaparecendo – está se tornando mais verde, o que é positivo, pelo menos do ponto de vista do clima”, diz ele.

O novo estudo foi publicado na revista científica Nature Ecology and Evolution.

Desafio à visão geral da África
O estudo desafia a visão de que a África está sofrendo uma perda sustentada de árvores e arbustos, diz o professor Henrik Balslev, do Departamento de Biociências da Universidade de Aarhus, na Dinamarca. Balslev não estava envolvido no estudo.

O novo estudo oferece uma imagem matizada de como o crescimento populacional na África influencia a vegetação de diferentes maneiras.

“O estudo dá uma imagem muito mais matizada da influência das pessoas sobre a vegetação na África, ao sul do Sahara, do que antes. O estudo terá impactos significativos em como avaliamos a influência das pessoas sobre a natureza africana no futuro, à medida que a população esperada cresce dramaticamente”, diz ele.

A Namibia e a África do Sul estão ficando mais verdes
No novo estudo, cientistas usaram dados de satélites para analisar como as mudanças climáticas e as pessoas afetaram a distribuição das árvores e arbustos na África nos últimos 20 anos.

O desmatamento abre caminho para a agricultura, as cidades e as infra-estruturas, e as árvores derrubadas fornecem combustível como lenha. Ao mesmo tempo, mais CO₂ na atmosfera, juntamente com um planeta mais úmido e mais quente, proporciona condições que ajudam as árvores e arbustos a crescer.

Assim, os cientistas esperavam ver que as áreas densamente povoadas ficaram menos verdes, enquanto as áreas escassamente povoadas deveriam ficar cada vez mais verdes, e é exatamente o que eles observaram.

As áreas úmidas e densamente povoadas da África Ocidental perderam árvores em geral nos últimos 20 anos, enquanto mais arbustos e árvores apareceram nas áreas mais secas e escassamente povoadas da Namíbia e da África do Sul.

Enquanto isso, as árvores desapareceram das grandes cidades do continente.

“Encontramos uma conexão clara entre o tamanho da população em uma determinada área e a quantidade de vegetação perdida”, diz Brandt.

“Ao mesmo tempo, o estudo desafia a visão geral da África de que houve uma perda geral de árvores e arbustos. A imagem é muito mais matizada e regionalmente variável, e o problema com a perda de árvores e arbustos nas áreas úmidas é pelo menos parcialmente compensado por um crescimento da vegetação em outros lugares “, diz ele.

O texto acima é uma tradução livre do artigo publicado por Kristian Sjøgren e Catherine Jex em ScienceNordic. Para ver o original, clique aqui

.

Anúncios

0 Responses to “A África tornou-se mais verde nos últimos 20 anos”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Acessos ao blog

  • 448,777 acessos

Responsável pelo blog


%d blogueiros gostam disto: